Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

A ponte infinita

Mäyjo, 07.01.17

ponte_aDINAMARCA: UMA PONTE QUE NÃO VAI A LADO NENHUM 

 

O QUE SE PASSA NOS CÉUS DE PEQUIM?

Mäyjo, 07.01.17

pequim

 

VÍDEO MOSTRA O AVANÇO GALOPANTE DA POLUIÇÃO NA CIDADE

 

“Airpocalypse”: foi este o nome dado a um vídeo filmado por um engenheiro britânico a viver na China, que mostra o galopante avançar da poluição nos céus de Pequim. O engenheiro filmou os céus da capital chinesa durante 20 minutos, transformando depois essas imagens num vídeo com 12 segundos que está a deixar os internautas incrédulos.

 

São diárias as notícias que dão conta dos elevados níveis de poluição que pairam sobre várias cidades do Norte, Centro e Este da China. No final de 2016 os alertas laranja e vermelho foram uma constante nos últimos dias do ano, com a necessidade do país adoptar medidas extraordinárias para lidar com a elevada poluição. O ano de 2017 vai ainda com 3 dias, mas já foi levantado um alerta vermelho para Pequim devido à poluição atmosférica que paira sobre a região.

Neste momento, mais de 70 cidades chinesas estão a pôr em prática alguma medida adicional de combate à poluição atmosférica, mais ou menos extrema consoante o nível de alerta decretado pelas entidades oficiais. Estima-se que em alguns locais do país as concentrações de partículas PM2,5, as mais perigosas para a saúde humana, poderão mesmo atingir os 300 microgramas por metro cúbico, um patamar tido como “muito grave” pela Organização Mundial de Saúde.

Nos próximos dias por todo o país vão continuar as restrições no trânsito, nas escolas e indústrias, já que só lá para domingo está prevista a melhoria das condições atmosféricas, altura em que se prevê a chegada de uma frente fria que poderá dispersar a neblina e atenuar a poluição em território chinês.

 

167, 5 MIL MILHÕES DE EUROS. É ESTE O IMPACTO FINANCEIRO DOS DESASTRES NATURAIS EM 2016

Mäyjo, 07.01.17

furacao-matthew

Em 2016 os desastres naturais, incluindo terramotos e tempestades, provocaram cerca de 167,5 mil milhões de euros em prejuízos. Desde 2012 que este valor não era tão elevado, mas em compensação o número de vítimas diminuiu para 8700.

 

Os dados agora divulgados pela seguradora alemã Munich Re mostram que ao longo de 2016 houve um aumento de quase 70% no impacto financeiro das catástrofes a nível mundial. Por outro lado, esta nova informação mostra também que houve um acentuado decréscimo no número de vítimas mortais, passando-se de 25.400 vítimas em 2015 para 8700 no ano de 2016.

Fazendo a retrospectiva do ano, podemos ver que o terramoto na ilha japonesa de Kyushu, em Abril, teve um impacto financeiro de 29,6 mil milhões de euros, enquanto as inundações na China em Junho e Julho provocaram 19,1 mil milhões de euros em prejuízos.

Também os EUA sofreram bastante com os efeitos dos desastres naturais, com o furacão Matthew a ser especialmente prejudicial, causando a morte a 550 pessoas e deixando um rasto de 9,5 mil milhões de euros em danos.

Foto: via Creative Commons